sábado, 30 de julho de 2011

DENÚNCIA: Policiais que fazem guarda em presídios reclamam de diárias atrasadas

Nos últimos dias a APRAM tem recebido muitas reclamações de policiais acerca do atraso das diárias dos presídios, a chamada gratificação penitenciária, que são repassadas para policiais militares que prestam serviço ao Sistema Penitenciário do RN. Os relatos enviados pelos policiais dão conta da existência de uma disparidade de tratamento onde mensalmente inexiste data certa para crédito do dinheiro sendo que, neste mês de julho, apenas uma parte foram pagas gerando uma insatisfação dos militares que ficaram sem receber. Foram registrados o atraso de diárias de policiais lotados na Cadeia Pública de Caraúbas, Presídio Regional de Pau dos Ferros e outras unidades. A diretoria da APRAM fez contato com o setor responsável no Comando de Policiamento do Interior - CPI onde um policial informou que o trâmite do processo de pagamento que compete ao órgão foi feito dentro da normalidade e que já teria remetido o mesmo ao setor de finanças, porém, não soube responder a causa de apenas uma parte ter sido creditada. Segundo postagem do Comandante Geral, o Cel.Araújo, em seu blog, o montante de dinheiro repassado pela secretaria de planejamento não foi suficiente para quitar todas as diárias, sendo que o crédito de tais diárias ocorrerá após o pagamento da folha salarial.

Nota: A APRAM tentará outro contato com o CPI na próxima semana para inteirar-se melhor sobre esse problema que envolve a gratificação dos policiais que fazem guarda dos presídios e cadeias. Somos conscientes de quanto está defasado o nosso salário e sabemos que os policiais têm nessas diárias uma maneira de complementar a renda de suas famílias.

1 comentários:

eduadro disse...

Ja comprei fiado,estou ancioso...Me ajue equipe econõmica do governo.

Postar um comentário