sábado, 1 de outubro de 2011

DIRETORIA DA APRAM REÚNE-SE COM EX-PMs

Reunião ocorreu no 2ºBPM
No último dia 27/09, a direção da APRAM esteve reunida com cerca de 40 (quarenta) ex-policiais militares da cidade de Mossoró/RN os quais alegam terem sido excluídos de forma arbitrária ou que pediram baixa devido à perseguições ou algum tipo de problema interno. A reunião, que aconteceu na sede do 2º BPM, foi divulgada pelo ex-PM Raimundo da Silva que entrou na corporação em 1984 pedindo baixa em 1994 por não suportar o assédio moral, péssimos salários e más condições de trabalho. Segundo Raimundo, o senador Garibaldi Alves (pai) se demonstrou favorável à criação de um projeto de lei para anistiar e reintegrar tais policiais à corporação. Raimundo da Silva procurou o apoio da APRAM para ajudar na iniciativa ao que prontamente atendemos sendo que o chamado para tal reunião foi amplamente divulgado em toda imprensa de Mossoró pelo senhor Raimundo. A direção da APRAM organizou tal reunião onde foi redigida uma ata para ser enviada ao senador bem como foram registrados todos os nomes e contatos dos presentes para novas reuniões. A APRAM também vai averiguar cada situação específica e dar suporte jurídico nos casos que couber. "Ouvimos relatos incríveis de homens que afirmam terem sofrido tortura psicológica e presenciado até mesmo agressões físicas contra policiais dentro dos quartéis nas décadas de 80 principalmente" diz o Soldado Jadson, presidente da APRAM. "Nossa entidade vai dar total apoio a esses homens e, com a iniciativa de Raimundo Silva, temos fé que muitas injustiças sejam desfeitas" desabafa e finaliza o presidente da APRAM. A entidade irá enviar, mediante ofício, a ata da reunião ao senador bem como outras reuniões serão futuramente marcadas.

2 comentários:

véras disse...

A injustiça é a mãe de todas as guerras.

Soares disse...

Ex.Policiais Militar do Rio G. Norte.
parabenizam o senador Garibaldo Mello.E asso.De praças de
mossoró e Regiôes.

Postar um comentário