quinta-feira, 3 de março de 2016

KELPS DIZ QUE NÃO É JUSTO CULPAR A POLÍCIA MILITAR PELA INSEGURANÇA NO RN

O deputado estadual Kelps Lima (Solidariedade) rejeitou a proposta para alteração da carga horária dos policiais militares do Rio Grande do Norte. O parlamentar destacou as precárias condições de trabalho e os perigos que a profissão oferece. “A polícia não precisa de mais arrocho. É a atividade profissional de maior risco no estado. São os policiais que efetivam o uso da força e não podem estar sendo culpados pela falta de efetivo”, destacou.

Kelps narrou uma situação ocorrida no município de Encanto, distante 412 km de Natal. “Estive em Encanto e encontrei um policial cuidando de três presas e tomar conta da cidade. Se ele deixar a delegacia aberta, periga matarem ele. É desse policial que vão aumentar a carga horária? Fazendo papel de escrivão e de agente penitenciário? Há que se ter cuidado em não botar a culpa nas pessoas erradas”, disse.

O deputado finalizou seu pronunciamento sugerindo a participação das entidades que representam a categoria para um debate amplo. 

Assessoria de Comunicação APRAM.

CONFIRA VÍDEO:
video









0 comentários:

Postar um comentário